EXPOSIÇÃO CARLOS SARAMAGO

 

expo sar

 

Mação recebe em fevereiro uma nova Exposição de Carlos Saramago.
A Exposição "Carlos Saramago - Artista Maçaense (do) Fantástico" será uma mostra e a apresentação pública das obras adquiridas pela Câmara Municipal de Mação a Carlos Saramago ao longo dos anos. São vários estilos, vários tipos de pintura, algumas de paisagens e locais maçaenses e, muitas, surrealistas.
Carlos Saramago é um pintor surrealista, de Mação, autodidata, tendo começado a pintar desde muito cedo, com reconhecimento nacional e internacional. Tem obras expostas um pouco por todo o mundo, privadas e publicas, e é agora hora de apresentar a obra adquirida pelo Município a um Maçaense que tanto tem elevado o nome de Mação, quer a nível nacional quer internacional.
Descrito por muitos como "fantástico", é esta também a designação da sua arte, que vai além do realismo numa interpretação única de momentos, pessoas, da sociedade e da vida do próprio artista.
O convite para a população é que estejam presentes na inauguração desta Exposição, que é para todos, dia 4 de fevereiro de 2023, às 16h30, na Galeria do CC Elvino Pereira.
A Exposição ficará patente todo o mês de fevereiro. Pode ser visitada nos dias úteis das 9h às 17h30 e, ao sábado, das 14h às 17h30.
 
 
 

WORKSHOP: NEGÓCIOS SUSTENTÁVEIS

 

 

FOLEGA IDEIAS

 

Mação recebe sessão dia 11 de fevereiro. Para pessoas com ideias. Não perca!
Entre 4 de fevereiro e 18 de março, o projeto FÔLEGO promove o workshop Negócios Sustentáveis, destinado a pessoas com ideias nos municípios de Mação, Oleiros, Proença-a-Nova, Sertã e Vila de Rei.
Cada um destes municípios receberá uma sessão numa área diferente, com um formador especializado, sobre como criar, desenvolver e implementar negócios e ideias sustentáveis. Uma oportunidade formativa para empreendedores, artistas, profissionais, agentes locais e pessoas movidas pela criatividade e vontade de fazer.
A inscrição no workshop é gratuita, com almoço incluído. É possível inscrever-se em mais do que um módulo.

 

Inscrições AQUI


PROGRAMA


4 FEV | EMPREENDEDORISMO: da ideia ao negócio
Formadora: Isabel Neves
Sertã - Clube da Sertã
10h-13h30 (almoço) 15h00 – 18h30


11 FEV | DESAFIOS CRIATIVOS: em cada esquina uma ideia
Formador: Miguel Abreu
Mação – Instituto Terra e Memória
10h-13h30 (almoço) 15h00 – 18h30


25 FEV | COMUNICAÇÃO: Quem não aparece, esquece
Formadora: Susana Lopes
Vila de Rei - Mercado Municipal
10h-13h30 (almoço) 15h00 – 18h30


4 MAR | LEGALIDADE: Mais vale prevenir que remediar
Formadora: Alexandra Saraiva Fonseca
Proença-a-Nova – Casa das Associações
10h-13h30 (almoço) 15h00 – 18h30


18 MAR | GESTÃO E FINANCIAMENTOS: O dinheiro não cai do céu
Formadora: Rita Guerreiro
Oleiros – Casa da Cultura
10h-13h30 (almoço) 15h00 – 18h30


MAIS SOBRE O FÔLEGO
O FÔLEGO - programa de intervenção artística movido pelo combate às alterações climáticas em Mação, Sertã, Oleiros, Proença-a-Nova e Vila de Rei – decorre no Centro de Portugal.


O nome FÔLEGO surge da associação do território ao fogo - mas também ao ar, necessário à combustão e à vida – e o programa convida à imersão no património natural por via das artes, apelando à mobilização local, nacional e internacional pela mitigação da crise climática. O FÔLEGO atuará no território entre 2021 e o verão de 2023.
Privilegiando o envolvimento da comunidade local em torno de um futuro saudável e consciente, o FÔLEGO terá uma programação cruzada entre áreas artísticas: artes plásticas, dança, fotografia, música, novo-circo, novos media e teatro. Terá como eixo principal a arte participativa e comunitária, em relação próxima com as populações, promovendo a mobilidade de públicos e artistas locais, nacionais e internacionais.
Selecionado para financiamento no quadro EEA Grants, Mecanismo Financeiro do Espaço Económico Europeu, o projeto é promovido pela Academia de Produtores Culturais, em parceria com Mapa das Ideias, H2Dance e Heidi Ruustgard (Noruega), Universidade da Islândia, Associação Pinhal Maior e os cinco municípios – Mação, Oleiros, Proença-a-Nova, Sertã, Vila-de-Rei - atuando num esforço coordenado entre dezenas de instituições locais, nacionais e internacionais, de caráter governamental e não-governamental.


O FÔLEGO aliará as artes, a ciência e o ambiente, trabalhando a problemática do clima em várias frentes - não apenas numa abordagem conceptual e artística, mas também pela sensibilização e envolvimento da comunidade em ações concretas no sentido da mitigação e adaptação aos efeitos da crise climática.

 

 

 

 

 

Esta página requer cookies para o seu bom funcionamento. Para mais informações consulte a politica de privacidade.

Aceitar utilização de cookies.